Saúde Bucal | Cuidados para Mães&Filhos

0


Convidamos a Odontopediatra Dra. Danuza Heluy, da empresa Sempre Odonto, uma das maiores empresas na área Odontológica do Brasil, para tirar algumas dúvidas sobre cuidados com a saúde bucal das gravidinhas e dos pequenos e fomos prontamente atendidos.

Imagem cedida pela Empresa Sempre Odonto

Sem dúvidas, temos muitas mamães que irão se identificar com as perguntas das nossas leitoras abaixo e em breve, teremos mais alguns encontros para tirarmos outras dúvidas das nossas amigas mamães.

1. Precisamos do acompanhamento de um dentista durante a gravidez? Existem cuidados específicos para as gestantes? (Pergunta enviada pela Equipe Melhor Mãe do Mundo)

Resposta Equipe Sempre Odonto:
Sim, existem cuidados bem específicos para gestantes:
_cuidar da higiene oral, para evitar gengivite, doença que pode induzir ao parto prematuro.
_ a melhor indicação é visitar seu dentista de três em três meses para limpeza, e controlar o uso de açúcar, pois seu bebê, pode vir a ser um "BEBE GOURMET", devido o alto índice de açúcar, coincidir com a formação das papilas gustativas, que se dá no período intra uterino.

2. Criança precisa usar fio dental no dente de leite? A partir de quantos anos e qual frequência? (Pergunta enviada pela Equipe Melhor Mãe do Mundo)

Resposta Equipe Sempre Odonto:
Crianças a partir de 4 anos devem usar fio dental supervisionados pelos pais, devido ao acumulo de alimentos (franguinho, carninha, pipoca...) entre os dentes posteriores.
A partir dos seis anos pode iniciar sozinho, com prévia orientação dos pais e do odontopediatra para não causar danos a gengiva.

3. A higiene bucal só deve ser iniciada quando nascer o primeiro dentinho ou tem algo que devemos fazer antes mesmo disso acontecer? (Pergunta enviada pelas amigas Maria Cecília e Gisely Terezinha Silva)

Resposta Equipe Sempre Odonto:
A limpeza dos roletes gengivais é um estimulo muito bom para massagear as gengivas e acalma a criança na fase pré eruptiva.
Ao nascer o primeiro dentinho, a limpeza deve ser feita com gaze e soro fisiológico e também pode ser utilizada as dedeiras macias.
O importante, mamãe, é seu filho(a), não dormir NUNCA com dentinhos sujos de placa.

4. Meu filho tem 5 anos e não perdeu nenhum dentinho ainda, porém a dois meses atrás nasceram dois dentes na parte de trás. Não entendi nada. Esses dentes já podem ser permanentes? (Pergunta enviada pela mamãe Eli Oliveira )

Resposta Equipe Sempre Odonto:
Sim. Já são os permanentes (primeiros Molares)
Hoje, tem erupcionado em momentos precoces aos cinco anos, antes da queda, muitas vezes, de nenhum dente de leite!
Parabéns, a você, por ter observado atentamente esse processo.
E com certeza, ter redobrado os cuidados com a higiene de seu bebê!

5. O creme dental deve ser sem flúor? (Pergunta enviada pela mamãe Aleteia Sousa)

Resposta Equipe Sempre Odonto:
Até os quatro anos, preconizamos pastas de dente, sem fluoreto, após esse período, existem as pastas com flúor, de baixa concentração até os 7 anos.
Malvatrikids, Sanifil .

6. Meu filho vai completar sábado, 10 meses e está nascendo o primeiro dentinho.
Já devo iniciar a escovação? Qual creme dental a Dra. indica? (Pergunta enviada pela mamãe Camila Paulo Kaleb)

Resposta Equipe Sempre Odonto:
A massagem da gengiva já é o começo da instalação de bons hábitos de escovação.
Pois ao massagear a gengiva, o bebê aceita, gosta e sente alívio intra bucal.
Após o nascimento do dentinho, a limpeza deverá ser feita com escovas de 0 a 24 meses, com pastas de dente sem flúor, como exemplo a Malvatrikids BABY.

7. Minha filha ganhou da tia uma escova elétrica para a idade dela, 2 anos, pois antes ela não escovava e nem deixava a mamãe escovar agora com a elétrica ela escova toda manhã e antes de dormir. Para vocês no Brasil é contra indicado? (Pergunta enviada pela mamãe Charlene Jumeaux)

Resposta Equipe Sempre Odonto:
Sim, a escova elétrica para a idade de dois anos é contra indicada, pois danifica a gengiva e o freio labial.
O ideal são as escovas macias de cabeça pequena.
Já no mercado, temos as de 0 a 24 meses e as dedeiras!

8. Meu bebê tem um ano e três meses e está com macha preta na gengiva o que pode ser? Essa macha é na parte de trás. (Pergunta enviada pela mamãe Alana da Silva)

Resposta Equipe Sempre Odonto:
Gostaríamos muito te ajudar, mas o ideal é a visita ao odontopediatra.
Com um bom exame clínico ele te ajudará.
Com certeza, um processo fisiológico normal, mas marque a consultinha de seu filho!

Agradecemos à Sempre Odonto pela rica contribuição e à Dra. Danuza por ter sido tão gentil e atenciosa em suas respostas. Muito orgulho poder contar com a presença com profissionais tão respeitados, aqui no nosso canal.

E se você gostou dessa matéria, acompanhe a Fanpage da Sempre Odonto Oficial e receba mais dicas de saúde para você e sua família diariamente.


Copa do Mundo 2014 | Sim, eu vou torcer pelo Brasil!

0

Recebi algumas mensagens pela Fanpage, perguntando se eu era a favor ou contra a Copa 2014, mensagens de mães, que diante de tantas opiniões e tantos questionamentos, afinal, ninguém sabe tudo, ficam em dúvida de como agir principalmente com os seus filhos pequenos. E aí, vamos ou não vamos curtir a Copa?

Imagem: Getty Images | Arte: Osay Rodrigues
Aqui em casa, SIM, eu vou curtir o que eu puder da Copa e vou torcer pelo Brasil com a minha família.

Eu sei muito bem que não sou a pessoa mais informada sobre política e que tenho uma visão limitada sobre todas as ações que estão por todo o país contra a Copa e os gastos envolvidos, mas sei também que a Copa é só mais um dos muitos eventos, obras e projetos superfaturados e que muito pouco de tudo o que vivemos agora é culpa da Copa...

Desde que me entendo por gente, nunca tivemos uma educação exemplar, saúde funcionando, transporte descente e vou parar por aqui porque a lista é grande, então, de tudo, do pouco que eu tenho visto, pois sei que é pouco porque estou em um momento que não tenho paciência de ficar na frente da tv, vendo tantas futilidades, programas de péssima qualidade em troca de algumas poucas informações que não sei o quanto foram manipuladas, a conclusão que eu chego é que estamos vivendo um momento de muita desconfiança. Quando paro pra assistir tv ou ler alguma revista, fico sempre me perguntando quais interesses estão por trás daquela reportagem, daquela notícia, quais são os favorecidos, etc., ou seja, a raiz dos nossos problemas não está na Copa, então não vejo o porquê me privar de participar e curtir o pouco que me cabe uma vez que muito dinheiro já foi gasto. A Copa vai durar apenas um mês e pra resolver todas as pendências que temos, precisaremos de muito mais tempo...

Entendo como mãe que é um momento histórico e me lembro o quanto foi bom torcer pelo Brasil nas Copas da minha infância, desenhar no chão os símbolos do meu País, em verde e amarelo, ver a rua toda pintada com as charges dos atletas, a bagunça, a união, a alegria e o barulho que só quem curte futebol e outros esportes sabe como é.

Nunca pude ir aos outros países ver o Brasil jogar durante uma Copa e também não irei a nenhum jogo, a não ser que alguma alma caridosa me ceda algum ingresso rs, mas não, não vou pagar do meu bolso para ir neste evento, EU, prefiro gastar o valor que gastaria nos ingressos para mim e família com outras coisas.

Alguns aí, argumentam que é uma Copa para os ricos, e aí, pensando um pouquinho, a gente pode perceber que teremos muitas pessoas das diversas classes sociais favorecidas com esse evento. Os trabalhadores das obras não são ricos e nem ficarão ricos por causa da Copa, mas tiveram e terão trabalho e salário, os taxistas, os trabalhadores do mercado hoteleiro, o comércio e seus vendedores comissionados, enfim, a Copa não será só para os ricos.

A verdade é que muitas coisas no Brasil e no mundo são para os "ricos", porque quem é pobre ou foi um dia muito pobre, vai me entender, quando não se tem nada, quando a gente não sabe nem o que vai comer amanhã, quem tem chinelo novo é considerado rico, então, não deixarei de curtir a Copa por isso, nem vou privar a minha filha de curtir a sua primeira Copa do Mundo!


Espero que quando ela cresça, eu e você, tenhamos feitos boas escolhas, que os nossos governantes sejam melhores e mais cobrados por nós e que ela e seus filhos sejam mais felizes que nós, tenham mais orgulho do nosso País e possam lembrar com carinho da sua Primeira Copa e que foi no Brasil!!!


Agora é a sua vez, como será a sua Copa 2014?


Bjkas e até o próximo post!



Chupeta, a hora da Despedida

0

Essa semana, pra quem acompanha a nossa Fanpage, sabe que tirei a chupeta da Maitê.

Algumas mamães me alertaram que podia ter uma choradeira sem fim e outras me acalmaram dizendo que poderia ser mais fácil do que eu imaginava, enfim, estou aqui pra contar e compartilhar as dicas que mais nos ajudaram neste momento rs.

Imagem: Arquivo pessoal


Quando eu optei por dar a chupeta pra Maitê, eu já sabia que precisava tirar no tempo certo, porque eu, que tive chupeta até os cinco anos, tive problemas na arcada dentária e ainda hoje uso aparelho pra corrigir. Além da aparência da mordida aberta que me incomodava esteticamente, ainda tinham os problemas com a mastigação e fala, ou seja, eu não queria que a minha filha passasse por isso e sem necessidade...

Desfralde Parte 2 - Com Alguns Acidentes mas Muitas Coisas Boas pra Contar ;)

0

Assim que comecei o desfralde da Maitê, eu escrevi o post Desfralde Parte 1 - Por aqui, só estamos começando, pois é, só estava começando mesmo e muitas coisas aconteceram de lá pra cá.

Imagem: Getty Images | Arte: Osay Rodrigues

Após os primeiros passos, de ensinar as palavrinhas mágicas do desfralde (xixi e cocô) pra criança poder se expressar e entender o que está fazendo, é necessário que os cuidadores, sejam os pais, familiares, babás etc., entrem nessa rotina para que a criança consiga efetivamente deixar as fraldas.

Como criar filhos sem preconceitos?

0


Por Pamela Greco

Redatora do Blog Pais que Educam



Quando uma nova criança entra em um grupo, seja na escola ou no clube de fim de semana, normalmente ela gera bastante curiosidade nas demais. “Em mim e em você há algo de diferente”, elas notam. E essa diferença pode ser das mais variadas: Pode ser a cor da pele, o aparelho ortodôntico, os óculos, a cor do cabelo, a cor dos olhos, o corpo, o jeito de se vestir e por aí vai. 

Imagem: Getty Images | Arte: Osay Rodrigues

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...